Captando ideias

  • 5 de fevereiro de 2020

Foto: Tales Leal | AI ECP

Depois de disputar quatro jogos em dez dias, o Pelotas finalmente tem uma semana livre para trabalhar. E em seguida, por mais que o preço seja a ausência nos mata-matas do primeiro turno do Gauchão 2020, o elenco passará quase um mês se preparando para o segundo turno depois de enfrentar o São Luiz, no domingo (9), às 19h.

Nesta quarta (5), o goleiro Douglas concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa da Boca do Lobo antes do treino, que aconteceu no Parque Lobão. ”A vitória demorou para chegar, pela qualidade do time. Imagino que daqui pra frente a perspectiva é muito melhor, até porque isso alivia a nossa pressão”, disse o camisa 1.

Mesmo com pouco tempo de clube, Douglas já mostrou segurança além de bastante identificação com as cores azul e ouro. Sobre o jogo em Ijuí, ele destacou a importância relacionada à tabela geral: ”A folga no período de mata-mata não era o que queríamos, mas aconteceu. Esse jogo vale muito pra nossa pontuação pensando no restante do campeonato. De qualquer forma, os dias livres serão importantes para que o Winck faça treinamentos e organize a equipe a partir do que ele entende de futebol”.

O grau de dificuldade da partida de domingo também foi pauta da coletiva do titular da meta do Lobão: ”Esperamos dificuldades, conhecemos a competência do Picoli (novo técnico do São Luiz) e ainda há o fator motivacional pela chegada de um treinador do lado de lá. A semana é importante para captar novas ideias e chegar preparado para o confronto”.

A semana tem treinos do grupo no Parque Lobão, na Arena Marini e na Boca do Lobo antes da viagem, marcada para a manhã de sábado (8) rumo a Ijuí. Vale lembrar que a partida foi remarcada para às 19h de domingo, no estádio 19 de Outubro. Depois, o Pelotas só volta a campo no dia 1º de março, contra o Aimoré, também fora de casa, abrindo o segundo turno.

Texto: Gustavo Pereira | AI ECP

Compartilhe