Cobrança interna

  • 14 de fevereiro de 2020

Foto: Tales Leal | AI ECP

”Não fizemos um bom primeiro turno. A gente sabe que está devendo e devemos ser homens para assumir isso e melhorar a situação do clube. É hora de falar pouco e fazer mais, buscando reestrear no campeonato com o pé direito”. As palavras do volante Vacaria, em entrevista coletiva nesta quinta (13), deixam claro o sentimento dentro do Pelotas.

O resultado adverso na rodada final do primeiro turno do Gauchão 2020, contra o São Luiz, ligou o sinal de alerta. Visando a metade final do estadual, que começa no dia 1º de março em visita ao Aimoré, o elenco do Lobo reconhece a necessidade de melhora e seguirá trabalhando em busca da evolução.

”Não gostaríamos de estar na situação atual. O Campeonato Gaúcho tem muitos jogadores rodados, e o nosso time precisa saber usar melhor a malandragem”, comentou Vacaria durante a conversa com os repórteres na sala de imprensa da Boca.

Sobre o jogo-treino realizado na quarta-feira com o Grêmio Bagé, o volante teceu avaliações positivas, em especial porque a atividade marcou seu retorno aos gramados: ”Foi um trabalho positivo principalmente para quem não vinha atuando. Agora estou recuperado da lesão e preparado para ajudar a equipe durante o segundo turno”.

Por fim, Vacaria ressaltou a importância do apoio da torcida áureo-cerúleo para a continuação da campanha do time no Gauchão e bateu outra vez na tecla da melhora coletiva: ”O torcedor pode e deve cobrar, no momento certo. Pedimos um voto de confiança, daremos a volta por cima”.

Texto: Gustavo Pereira | AI ECP

Compartilhe