Para esquecer

  • 9 de fevereiro de 2020

Foto: Tales Leal | AI ECP

O Pelotas perdeu por 4 a 2 para o São Luiz, na noite deste domingo (9), no estádio 19 de Outubro, em Ijuí. A partida encerrou o primeiro turno do Gauchão 2020, e agora o Lobo só volta a campo no dia 1º de março, quando visita o Aimoré, abrindo o segundo turno da competição.

O começo do confronto até foi animador para a torcida áureo-cerúlea, já que Hugo Almeida inaugurou o placar aos 21 minutos de jogo. Os donos da casa, porém, viraram ainda na etapa inicial e ampliaram após o retorno dos vestiários. Hugo Sanches ainda descontou, mas o adversário anotou novamente.

Luiz Carlos Winck promoveu uma alteração em relação ao time que bateu o Juventude na rodada anterior: Juliano na vaga de Jô. Dentro de campo, o São Luiz desperdiçou um pênalti aos 17 minutos, com Michel acertando a trave. Em seguida, Hugo Almeida concluiu belo contragolpe do Pelotas e subiu o 1 a 0 no marcador.

Ainda na etapa inicial, Elias marcou um bonito gol para empatar, e Jean Carlo virou o jogo aproveitando desatenção da defesa do Lobo: 2 a 1. No segundo tempo, Michel pegou rebote de ótima intervenção de Douglas e ampliou, antes de Hugo Sanches descontar em batida de escanteio que morreu no fundo das redes. Sobrou tempo para Elias fazer mais um: 4 a 2.

É momento de trabalhar muito. O Pelotas treina até o final do mês em preparação para o segundo turno do Gauchão.

FICHA TÉCNICA

São Luiz: Lúcio; Lucas Carvalho, João Marcus, Sílvio e Samuel Balbino; Maycon, Tássio, João Paulo, Jean Carlo (Ariel) e Elias; Michel (Mateus). Técnico: Antônio Picoli.

Pelotas: Douglas; Felipe Chaves, Negretti, Vitão (Iago) e Tatto; Felipe Guedes, Mateus Santana, Juliano (Busanello), Wallacer (Jean Roberto) e Hugo Sanches; Hugo Almeida. Técnico: Luiz Carlos Winck.

Gols: Hugo Almeida, aos 21min1T, e Hugo Sanches, aos 25min2T (PEL); Elias, aos 32min1T e aos 29min2T, Jean Carlo, aos 36min1T e Michel, aos 12min2T (SLU).

Arbitragem: Eleno Todeschini, auxiliado por Lucio Flor e Michael Stanislau.

Cartões amarelos: Tássio (SLU) e Mateus Santana (PEL).

Texto: Gustavo Pereira | AI ECP

Compartilhe