Em noite inspirada de Gabriel Leite, Pelotas vence o Juventude no Estádio do Vale

João Vieira, Juliano e Maurício marcaram os gols no triunfo por 3 a 2

Por Fael Marques - AI/ECP, Publicado em 13/03/2021 às 01h55.

...

Marcão disputa a bola no Estádio do Vale - Foto: Tales Leal - AI/ECP

Com alma, raça e união. Nesta sexta-feira (12), o Pelotas derrotou o Juventude no Estádio do Vale e conquistou a sua primeira vitória no Campeonato Gaúcho. João Vieira, Juliano e Maurício marcaram os gols áureo-cerúleos na vitória por 3 a 2.

O Lobo foi até Novo Hamburgo com dois desfalques na equipe. O zagueiro Gabriel Silva e o atacante Marcos Paulo sofreram uma lesão no posterior da coxa e ficaram de fora do confronto. O técnico Ricardo Colbachini, então, optou por iniciar a partida com o estreante Maurício na defesa e o centroavante Marcão.

Logo no primeiro minuto de jogo, Marcelo cobrou escanteio com perigo, Marcão desviou na primeira trave e Juliano finalizou por cima da meta. Aos 8, de novo na bola parada, o zagueiro Silvio aproveitou cruzamento e cabeceou no travessão. A pressão áureo-cerúlea surtiu efeito. Após arremesso lateral pelo lado direito, Marcão disputou na área e conseguiu o toque para Wesley. Ele finalizou e o goleiro Marcelo Carné fez grande defesa. No rebote, o meia João Vieira não perdoou, empurrou para o fundo das redes e abriu o placar aos 16 minutos.

O Pelotas seguiu criando oportunidades no campo de ataque. Aos 29 minutos, Marcelo levantou a bola na área e Silvio completou de cabeça para o gol. A arbitragem, porém, assinalou impedimento no lance. O Juventude chegou ao empate com Guilherme Castilho em jogada pelo lado esquerdo aos 34. Logo depois, antes do intervalo, o lateral-direito Paulo Henrique derrubou Wesley em contra-ataque e deixou a equipe caxiense com um jogador a menos.

No intervalo, Colbachini promoveu uma alteração: Gazão no lugar de Moisés. Ainda no início da segunda etapa, o incansável Wesley apareceu com perigo duas vezes. Com a vantagem numérica e em busca do resultado, Aslen e Caio Mancha também entraram na partida.

Com o respaldo do treinador, o segundo gol do Lobão nasceu no cruzamento de Aslen pela esquerda. A zaga do Juventude cortou e a bola sobrou para Juliano finalizar sem chances para Carné. Passados três minutos, em cobrança de falta, Eltinho igualou o marcador.

Pouco tempo depois, a bola parada decidiu mais uma vez. Marcelo cobrou falta com categoria, Maurício se antecipou e fez o terceiro do Pelotas no duelo. A partir desse momento, começou a brilhar a estrela de Gabriel Leite. Aos 25 minutos, Capixaba fez boa jogada pela direita, cruzou para Matheuzinho e o goleiro áureo-cerúleo fez bela defesa.

Já na reta final, em disputa de jogo dentro da área, o árbitro Eder Zanella enxergou pênalti de Silvio em Peixoto. O volante João Paulo cobrou no lado esquerdo e Gabriel Leite voou no canto para evitar o empate. No rebote, ele ainda teve reação para jogar a bola para escanteio. No lance seguinte, outra intervenção espetacular para consagrar o paredão. Marcos Vinicios cruzou rasteiro, Roberto finalizou e Leite salvou à queima-roupa com a perna direita. Vitória garantida e os primeiros três pontos assegurados no Gauchão 2021.

O elenco azul e ouro se reapresenta na segunda-feira (15). Na próxima semana, o Lobo volta a campo para enfrentar o São Luiz na Avenida. A data e o horário ainda serão confirmados pela Federação Gaúcha de Futebol.

 

Ficha Técnica
 

Esporte Clube Juventude 2-3 Esporte Clube Pelotas
 

Horário: 21h00

Data: Sexta-Feira, 12 de março de 2021

Local: Estádio do Vale, Novo Hamburgo (RS)

Competição: Campeonato Gaúcho (4ª Rodada)
 

Esporte Clube Juventude
 

Marcelo Carné; Paulo Henrique, Cleberson, Vitor Mendes e Eltinho (C); João Paulo, Yago (Igor), Capixaba (Roberto), Matheuzinho (Marcos Vinicios) e Guilherme Castilho (Elton); Rafael Grampola (Matheus Peixoto). Técnico: Marquinhos Santos

Gols: Guilherme Castilho (34'/1T) e Eltinho (20'/2T)

Cartões Amarelos: Yago

Cartões Vermelhos: Paulo Henrique

 

Esporte Clube Pelotas
 

Gabriel Leite; Marcelo, Silvio (C), Maurício e Gabiga; Moisés (Gazão), Juliano (Wendel Lomar) e João Vieira (Itaqui); Bustamante, Wesley (Aslen) e Marcão (Caio Mancha). Técnico: Ricardo Colbachini

Gols: João Vieira (16'/1T), Juliano (16'/2T) e Maurício (23'/2T)

Cartões Amarelos: Moisés, Juliano, Maurício, Silvio e Marcelo

 

Arbitragem
 

Árbitro: Eder Davi Zanella

Árbitro Assistente 1: Mauricio Coelho Silva Penna

Árbitro Assistente 2: Artur Avelino Birk Preissler

Quarto Árbitro: Marco Aurelio Nunes Magalhaes

Delegado da Partida: Elmiro Eloi dos Santos

Técnico de Arbitragem: Paulo Ricardo Silva Conceição

Relacionadas