Lobas perdem na Serra

Em partida de raça, entrega e destaque da goleira, áureo-cerúleas sofreram 1 a 0

Por Aline Klug - AI/ECP, Publicado em 17/10/2021 às 13h02.

...

Foto: Luiz Erbes

A manhã foi de jogo importante para a equipe das Lobas. Em uma partida parelha, marcada por muitas faltas e com destaque para a arqueira áureo-cerulea Dani, que recebeu a oportunidade de vestir a camisa na equipe titular, o Pelotas lutou em busca de um resultado que o mantivesse na briga por uma vaga entre as duas primeiras equipes do grupo A, mas acabou perdendo para o Brasil de Farroupilha, nas Castanheiras, por 1 a 0. No próximo domingo, as gurias encaram o Grêmio, fora de casa. 

O jogo

Os primeiros minutos de jogo foram de boa movimentação, mas com poucas oportunidades claras de gol. A primeira chegada das Lobas aconteceu aos 11 minutos em uma jogada construída por Bárbara, pela esquerda, que em um lançamento procurou a atacante Paola Kischler. A número 7 das Lobas alcançou a bola em uma posição que a deixava à frente da meta defendida pela goleira Bina, mas foi marcado impedimento.  

Aos 20 minutos foi a vez da equipe da casa levar perigo. Em uma cobrança de falta cobrada pela camisa 10 da equipe da Serra, Bruna Lisandra, a goleira Dani espalmou para fora, espantando o perigo. 

Com 27 minutos da primeira etapa, nova chegada pelo lado direito de ataque, novamente com Paola Kischler. A atacante apostou na marcação contra duas defensoras, mas a bola foi interceptada e lançada para a linha de fundo. Em cobrança feita também pela camisa 7, no meio da grande área, a zagueira Laila recebeu, e de perna direita mandou uma bomba para o gol, que passou raspando a trave da equipe adversária. Dois minutos depois, chegada do Brasil de Farroupilha, com Keka pela direita, mas bem postada no campo de defesa, Pâmela afastou o perigo.

Já aos 30 minutos, o Pelotas começou a crescer na partida. Pelo meio e na pressão, Pathy roubou a bola na frente na grande área, tocou para Helena, mas em novo passe procurando Paola Kischler, melhor para as zagueiras da equipe da Serra. Aos 35, a habilidosa camisa 7 ultrapassou novamente a marcação de duas, mas foi parada com falta. Na cobrança de escanteio de Bia, a bola encontrou Pathy, mas em disputa com a goleira dentro da pequena área a marcação de falta finalizou o lance.

Encaminhando para o final do primeiro tempo, Elinha sentiu a posterior da perna direita e o técnico Marcos Planela precisou abrir mão da primeira substituição, com a entrada de Milene, estreante no Campeonato Gaúcho com a camisa azul e ouro. Após a substituição, sem novas oportunidades para ambas equipes.

O intervalo também foi de substituição, com a entrada de Kaká e a saída da camisa 11, Pathy. A primeira chegada com perigo foi com a equipe da casa, que aos 9 minutos, em cobrança de escanteio, após bate e rebate dentro da grande área, a estrela da nova titular das traves do Pelotas, Dani, brilha. Em cabeçada de Letícia, a arqueira das Lobas espalmou a bola, em uma defesa espetacular.

Aos 16 minutos, em cruzamento de Luana, Keka frente a frente com a goleira, mandou para fora. Dois minutos depois Bianca Bender, em chute forte, a meia altura que passou raspando a trave, não dá chances a Dani, e abre o placar para equipe da casa, fazendo o 1 a 0.

Os minutos seguintes foram de grandes defesas da goleira do Pelotas, com interceptação fora da área aos 24 minutos e uma bela defesa, após chute à queima roupa de Barbosa aos 31. Com 34 minutos, após cobrança de falta à meia altura, mais uma vez Dani defendeu. 

O Pelotas buscava chegar pelo lado esquerdo de ataque, com jogadas de Kaká com Natielen, que entrou no segundo tempo no lugar de Gabi Goulart, mas as jogadas não eram concluídas por alta marcação da equipe da Serra. A partida se encaminhou para o final sem muitas oportunidades claras de gol. Final de jogo 1 a 0 para a equipe da casa.

Com o resultado a equipe das Lobas fica na 3ª posição do Grupo A. O próximo confronto acontece no domingo, às 15h, no Vieirão.

 

Escalação

Dani; Pâmela, Laila, Bia, Elinha (Milene); Helena, Bárbara (Duda Martins), Itainã, Gabi Goulart (Natielen); Paola Kischler e Pathy (Kaká)

 

 

Relacionadas