FESTA ÁUREO-CERÚLEA NA BAIXADA: O TÍTULO DA COPA SUL-FRONTEIRA

...

Copa Sul-Fronteira (2013) - Foto: Alisson Assumpção

O Campeonato da Região Sul-Fronteira, criado em 2013 pela Federação Gaúcha de Futebol, contava com a participação de clubes das Séries A1, A2 e Segunda Divisão. Era disputado paralelamente com o Campeonato da Região Metropolitana e o Campeonato da Região Serrana. Os campeões de cada campeonato se enfrentariam na Supercopa Gaúcha.

Naquele ano, a fórmula previa uma chave única composta por Pelotas, Bagé, Brasil, Farroupilha e São Paulo. O campeonato teria dois turnos, divididos em primeira fase e fase final. Os campeões de cada turno se enfrentavam na finalíssima disputada em dois jogos.

No primeiro turno, o Pelotas se classificou em segundo lugar na fase de grupos, eliminou o Farroupilha nas semifinais e venceu o Brasil na final, garantindo vaga na decisão do torneio.

No segundo turno, o Lobo avançou na terceira colocação e, mais uma vez, desbancou o Farroupilha na semifinal. Na final, novamente diante do Brasil, acabou derrotado.

Então, de acordo com o chaveamento, a dupla Bra-Pel seria protagonista de mais uma disputa de troféu na cidade.

 

Campanha
 

Primeiro Turno - 1ª Fase
 

04.08.2013 - 14:00 - Farroupilha 0x2 Pelotas

11.08.2013 - 16:00 - Pelotas 2x1 São Paulo

18.08.2013 - 16:00 - Brasil 1x0 Pelotas

28.08.2013 - 20:00 - Pelotas 2x0 Bagé
 

Primeiro Turno - Semifinal
 

11.09.2013 - 15:30 - Farroupilha 0x2 Pelotas

15.09.2013 - 15:30 - Pelotas 3x1 Farroupilha
 

Primeiro Turno - Final
 

23.09.2013 - 20:30 - Pelotas 0x0 Brasil

26.09.2013 - 20:30 - Brasil 0x3 Pelotas
 

Segundo Turno - Primeira Fase
 

03.10.2013 - 15:30 - São Paulo 1x0 Pelotas

06.10.2013 - 16:00 - Pelotas 1x1 Brasil

14.10.2013 - 20:00 - Pelotas 1x1 Farroupilha

16.10.2013 - 20:00 - Bagé 0x5 Pelotas
 

Segundo Turno - Semifinal
 

23.10.2013 - 21:00 - Pelotas 2x1 Farroupilha

30.10.2013 - 16:30 - Farroupilha 0x1 Pelotas
 

Segundo Turno - Final
 

02.11.2013 - 17:00 - Pelotas 0x0 Brasil

05.11.2013 - 20:30 - Brasil 2x1 Pelotas
 

Finalíssima
 

08.11.2013 - 20:30 - Pelotas 1x0 Brasil

12.11.2013 - 20:30 - Brasil 2x1 Pelotas
 

Na primeira partida da final, um tabu a ser derrubado. Fazia 15 anos que o Pelotas não vencia um clássico Bra-Pel na Boca do Lobo. Debaixo de muita chuva na Avenida, a vitória áureo-cerúlea nasceu do banco de reservas. 

Ainda no primeiro tempo, Felipe Garcia saiu lesionado e deu lugar ao meio-campista Mithyuê, ex-Grêmio e futsal. Aos 16 minutos, de perna esquerda, ele marcou um golaço de fora da área, no ângulo do goleiro rival. Com o gol qualificado, o Pelotas poderia empatar e até perder por um gol de diferença no jogo de volta, desde que marcasse na partida.

No Bento Freitas, um clássico mais do que disputado. No primeiro tempo, uma expulsão para cada lado: Gilmar, pelo Pelotas, e Washington, pelo Brasil. Já nos acréscimos da primeira etapa, brilharia novamente a estrela de Mithyuê. O meia ganhou a dividida contra o zagueiro adversário, arrancou pela esquerda e abriu o placar. No segundo tempo, o Brasil virou com gols de Fernando Cardozo e Gustavo Papa, mas o título ficou com o Lobo.

O troféu de campeão foi entregue ao Pelotas no vestiário, quando o estádio já estava vazio. Não havia como garantir a segurança da delegação e os refletores foram apagados. Nada que ofuscasse a festa da torcida na chegada à Boca do Lobo.

Além da taça, o título garantiu a vaga na Supercopa Gaúcha, disputada no final do mesmo ano, e que levaria um clube gaúcho a Série D do Brasileirão.

 

Ficha Técnica
 

Grêmio Esportivo Brasil 2x1 Esporte Clube Pelotas

Local: Estádio Bento Freitas - Pelotas (RS)

Data: 12/11/2013 - Terça-Feira

Horário: 20h30
 

Brasil
 

Luiz Müller; Wender, Cirilo, Fernando Cardozo e Rafael Forster; Leandro Leite, Washington, Márcio Hahn (William Kozlowski) e Cleiton; Alex Amado (Éder Machado, depois Gustavo Papa) e Joelson. Técnico: Rogério Zimmermann

Gols: Fernando Cardozo (21’/2T) e Gustavo Papa (26’/2T)

Cartões Amarelos: Fernando Cardozo e Leandro Leite

Cartões Vermelhos: Washington
 

Pelotas
 

Paulo Sérgio; Igor, Pedrão, Bruno Salvador e Digão (Carlos Alexandre); Jovany, Tiago Gaúcho e Paraná (Gadelha); Mithyuê (Jefferson) e Régis (Heverton); Gilmar. Técnico: Paulo Porto

Gol: Mithyuê (49’/1T)

Cartões Amarelos: Igor, Bruno Salvador, Digão e Tiago Gaúcho

Cartões Vermelhos: Gilmar
 

Arbitragem
 

Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)

Assistentes: Júlio César dos Santos (RS) e Edemar Palmeira (RS)